Facebook Twitter Instagram

Jorge Fortes, da Agerp, abre reunião com representantes das associadas da Asbraer Nordeste

A Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), e a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer), coordenam hoje e amanhã, no Hotel Calhau, na Litorânea, reunião com representantes das instituições associadas da Região Nordeste.

Asbraer JorgeO evento contou com a presença do subsecretário da Sedes, Emílio Murad, do presidente da Asbraer, Júlio Zoé de Brito, do presidente desta Agência, Jorge Fortes e do presidente da Asbraer Nordeste e Emdagro/SE, Jefferson Feitosa de Carvalho.

No primeiro momento da reunião, os participantes prosseguiram com o debate sobre a construção de uma parceria com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), que começou a ser discutida, no último dia 3, durante uma reunião ocorrida, em Fortaleza. Em seguida, os associados falaram sobre o crédito do Banco do Brasil e Convênios firmados com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), tendo sido levantada a situação e estratégias em cada estado.

Presente no auditório, o subsecretário da Sedes, Emílio Murad, classificou a reunião como um ponto para a construção de uma pauta Artesanato reuniãopositiva focada nas necessidades e realidades de cada região. “O foco principal é atender ao agricultor familiar, passando pela rediscussão da assistência técnica e a forma como ela vem sendo aplicada. Uma pauta positiva com vistas a alavancar a cadeia produtiva dos estados nordestinos no âmbito da agricultura familiar”, disse.

Já, o presidente da Agerp Jorge Fortes, falou do contentamento de poder contribuir de forma direta com a realização do Encontro e
se salientou o avanço das discussões sobre um assunto importante que é o desenvolvimento da agricultura familiar nos estados do Nordeste. “Quero dar as boas vindas a todos e dizer do meu contentamento por estar contribuindo de forma direta com esta reunião aqui em São Luis”, ressaltou Jorge Fortes, presidente da Agerp, ao abrir o evento nesta manhã.

Participam do evento ainda: Hector Carlos Barreto Leal, diretor executivo da Asbraer; Henderson Magalhães Abreu, presidente da Emater do Rio Grande do Norte; Aristides Bezerra Filho, diretor técnico da Emater-RN; Maria Inês Nogueira Pacheco, presidente da Emater Alagoas; Elionaldo Teles de Faro, presidente da EBDA; Gismário Ferreira Nobre, diretor da Emdagro; Walmir Severo Magalhães, diretor técnico da Emater do Ceará; Maximiliano César P. Quintino de Medeiro, diretor administrativo e financeiro da
Asbraer Emílio MuradEmaterce; José William de Aquino de Souza, assessor de crédito rural da Emeterce; Durval Barbosa Siqueira Filho, da Emater da Paraíba; Airton Alencar, diretor técnico da Emater do Piauí; Everton Augusto Paiva Ferreira, coordenador do Dater/MDA; Argileu Martins da Silva, diretor do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural do MDA; José Guilherme T. Leal, diretor do Departamento de Sistema de Produção e Sustentabilidade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); e Paulo Guilherme Cabral, secretário de Extrativismo do Ministério do Meio Ambiente.

Agerp reúne gestores para analise de ações

Diretores, gestores e assessores da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Agerp/MA), reuniram-se nos dias 27 e 28 de julho no município de Viana durante Reunião Técnica de Avaliação.

O Encontro teve como objetivo avaliar as ações desta Agência, bem como convênios, parcerias e programas que vem sendo Reunião Viana IIdesenvolvidas a favor dos agricultores familiares maranhenses. Na oportunidade foram discutidas ainda pautas relacionadas às questões administrativas.

A iniciativa integra cronograma organizado pela diretoria de Assistência Técnica da Agerp. A iniciativa ocorre anualmente. Esta primeira etapa constitui o II Encontro com Gestores da Agerp para o ano 2013. As demais estão previstas para os dias 02 e quinze de agosto nas regionais de Caxias e São João dos Patos, respectivamente.

Agerp e Asbraer realizam em São Luís reunião com associadas do Nordeste

MDA_2_okA Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão, (Agerp/MA), órgão da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar em parceria com a Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer), realizarão nesta quarta e quinta-feira (31 de julho e 1° de agosto), no Hotel Calhau, em São Luis, reunião com as Instituições de Assistência Técnica da Região Nordeste, associadas à Asbraer.

O encontro terá como tema relevante a construção de uma parceria com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) para a fomentação da ATER em toda a região, de modo que atenda de forma  satisfatória aos agricultores familiares assistidos pelo sistema.

Na pauta, estão previstos ainda debates sobre o crédito do Banco do Brasil; os convênios como Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), levando em conta a situação da cada estado da região e as estratégias de execução dos acordos pactuados; e a apresentação do Cadastro Ambiental Rural (CAR), pelo secretário do Ministério do Meio Ambiente, Paulo Guilherme.MDA_1_ok

A proposta de assistência técnica e extensão rural para os médios produtores e Plano Safra do Semiárido Nordestino serão os temas do segundo dia do encontro. Esse debate contará com a contribuição do secretário de Agricultura Familiar do MDA, Valter Bianchini. Pela primeira vez, o governo federal lançou um plano exclusivo para o semiárido, que prevê investimentos de R$ 7 bilhões. A região enfrenta, há três anos, a mais rigorosa estiagem em seis décadas.

Participam do evento, além do presidente da Agerp, Jorge Fortes e equipe, (diretores e coordenadores), o presidente da Asbraer, Júlio Zoé de Brito, o secretário da Agricultura Familiar, Valter Bianchini e demais representantes dos estados nordestinos.

Nas imagens, o Presidente da AGERP, Jorge Luiz Fortes, e Hector Carlos Leal, do Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Agerp reúne gestores em Seminário para analise de ações

Ok_Reuniao.Agerp.Site_4_peqA Agerp reuniu os gestores de seis escritórios regionais nos dias 27 e 28/7 para a realização de Seminário, que objetivou avaliar o resultado das ações, convênios e programas desenvolvidos pelos mesmos. Além das questões técnicas, foram tratadas também questões administrativas.

Na Fazenda Nazaré, local aprazível e de considerável beleza natural cedido pelo gestor regional de Viana, Marlúcio Mendonça, os gestores da Agerp puderam trocar experiências e receber informações diretamente de seu Presidente, o Dr. Jorge Luís de Oliveira Fortes, da Diretora de Assistência Técnica e Extensão Rural, Thelma Aragão Melo Portela de Araújo, do Diretor de Pesquisa, Wellington Matos, do Coordenador de Assistência Técnica e Extensão Rural, Josenildo Cardoso de Araújo e da Gestora de Informação Rural, Ângela Santos.OK_Reuniao.Agerp.Site_1_peq

 

Os gestores/regiões envolvidos foram: Imperatriz: José Ribamar Araújo; Pedreiras: Leônidas Castro Bezerra; Pinheiro: Orlando Martins; Viana: Marlúcio Mendonça, Zé Doca: Fernando Lima; Açailândia: Karla Danielle; Rosário: Valter.

Agerp na 8ª Agrofeira de Bacabal

05-editada

A Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária do Maranhão – Agerp – MA,  se fez  presente na 8ª Agrofeira de Bacabal. O evento ocorreu no recinto de Leilões da Leilonorte nos dias 21 e 28 de julho.

Segundo a organização,  esta edição da feira foi diferenciada das demais, já que mostrou mais atrativos aos visitantes e expositores. Esta edição, os participantes puderam contar com a  feira do leite e o shopping da fazenda Santa Luzia, cursos oferecidos pelo Sebrae e  o o tão esperado,  leilão de gado, que aconteceu no encerramento da programação.

Outras atividades de destaque  durante a Agrofeira foram: a palestra sobre Meio Ambiente, para esclarecer sobre biomas e reservas legais da região do Médio Mearim; e o curso de Derivados do Leite, onde produtores aprendem técnicas de fabricação de doces, queijos e bebidas lácteas.

02-Hidroponia-com-garrafa-pet editadaNa ocasião, esta Agência expôs  atividades produtivas que foram implementadas por esta coletividade, tais como hortas tradicionais, sistema agro-ecológico, sistema integrado Mandala, Hidroponia com garrafa pet e com irrigação fita gotejadora.

“Oportunidade espetacular para mais uma vez, a Agerp mostrar o que vem fazendo junto ao homem do campo”, salientou Jorge Fortes, presidente da Agerp, enquanto parabenizava a organização do evento.

Agerp lança Programa Brasil Sem Miséria

A Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão – Agerp-MA,  lançou em Viana, no dia 25 de julho o Programa Brasil sem Miséria.

O Programa de autoria do Governo Federal tem por finalidade fomentar a assistência técnica no que tange a melhoria da qualidade de Thelma IIIvida de agricultores familiares  da região da Baixada Maranhense..

O evento reuniu prefeitos, vice – prefeitos, vereadores, secretários de pastas diversas das prefeituras envolvidas, instituições bancárias, engenheiros e técnicos ligados ao setor agrícola, e o público em geral.

A conferencia foi aberta pelo prefeito de Viana, Francisco Gomes Castro, onde na ocasião, deu as boas
Viana - Foto 1vindas a todos e em seu pronunciamento, destacou as ações
desenvolvidas por esta Agerp  e especialmente, sobre a implantação do Programa Brasil sem Miséria.

Lançamento do Programa Brasil Sem Miséria em Viana

Aconteceu no dia 28/7, na cidade de Viana, o lançamento pela Agerp, do Programa BRASIL SEM MISÉRIA, que visa assessorar e melhorar a vida de milhares de pessoas no meio rural maranhense. O Evento reuniu Prefeitos, Vice Prefeitos, Vereadores, Secretários de pastas diversas das Prefeituras envolvidas, Instituições bancárias, engenheiros e técnicos ligados ao setor agrícola, e o público em geral.

Jornal.BSM_1_Ok

 

 

 

 

 

 

 

A conferencia foi aberta pelo Dr. Francisco Castro Gomes, Prefeito de Viana, cidade recepcionista do Evento, que deu as boas vindas a todos e em seu pronunciamento, teceu comentários elogiosos sobre a implantação do Programa Brasil Sem Miséria pela AGERP.

Agerp_15

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na continuidade, falou o Dr. Jorge Fortes, Presidente da Agerp, que descreveu a missão e as atividades da Agencia, e fez uma breve explanação das atividades previstas no Programa. Seguindo o Evento, a Dra. Thelma Aragão Melo Portela de Araújo, Diretora de Assistência Técnica e Extensão Rural, detalhou as ações que serão implementadas nas diversas fases da implantação do Programa, e apresentou ao público a Equipe Agerp que estará à frente das operações.

Jornal.BSM_3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Também usou da palavra, o Gerente Regional da AGERP, Marlucio Mendonça, que acrescentou informações sobre as ações da AGERP em Viana.

Jornal.BSM_4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Antes do encerramento do Evento, aconteceu uma rodada de perguntas e esclarecimentos sobre os tópicos apresentados, e que contou com todos os presentes.

Índice das fotos:

01 – O Dr. Francisco Castro Gomes, Prefeito de Viana,  faz a abertura  do Programa Brasil Sem Miséria, realizado em 28/7, na cidade de Viana;

02 – O Dr. Jorge Fortes, Presidente da AGERP, fala ao público que compareceu ao lançamento do Programa Brasil Sem Miséria;

03 – A Dra. Thelma de Araújo, Diretora de Assistência Técnica e Extensão Rural, detalha as ações que serão implementadas nas diversas fases da implantação do Programa Brasil Sem Miséria;

04 – Marlúcio Mendonça, gerente regional da AGERP,  acrescenta informações sobre as ações da AGERP em Viana

 

Reunião sobre a Pauta de Reivindicações do Grito da Terra

Dando continuidade à discussão da Pauta de Reivindicações do Grito da Terra 2013, reuniram-se no dia 23 de julho, representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Grito da TerraAgricultura Familiar do Maranhão (Sedes), da Agerp, da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), da Organização Não Governamental Planeja, da Cooperativa de Serviços, Pesquisas e Assessoria Técnica (Coospat).

A reunião ocorreu na sede desta Agência, e teve como pauta a criação do Fórum Permanente de debate para qualificação da Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), da Lei Estadual de Ater, Fundo Estadual de Ater, Rede de ATER, criação de Comissões e Agenda de Trabalho. Ainda na ocasião, foi elaborada agenda de reuniões previstas para este mês. Nela serão fortalecidas as discussões sobre os assuntos focados pelo grupo.

 

Agerp participa em Belém da Agrifal 2013

Técnicos da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão, (Agerp), órgão da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), participam em Belém (PA), da Feira da Agricultura Familiar da Amazônia Legal (Agrifal 2013). O evento será realizado no Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.

agrifal2013_destaqueA Agrifal 2013, tem o propósito de oportunizar a sociedade civil organizada a conhecer e refletir sobre o relevante papel deste segmento no contexto da soberania alimentar e do desenvolvimento rural sustentável, tanto de forma regional quanto nacional, contribuir deste modo, com a valorização e ampliação do consumo de produtos e serviços produzidos pela agricultura familiar.

A feira tem edição anual e sua realização é de responsabilidade das instituições oficiais de Assistência Técnica (ATER), situadas nos nove estados que compõe a Amazônia Legal (Amazonas, Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins).

MDA e ASBRAER

A exposição tem parceria direta com o Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA, com a Associação das Entidades Brasileiras de ATER – ASBRAER e com os respectivos Governos Estaduais.

Integram o evento, agricultores familiares, extensionistas rurais, instituições públicas e privadas, Organizações Não-Governamentais, movimentos sociais, instituições de ensino, pesquisa, ciência e tecnologia, estudantes, empresários e público em geral.

A Agricultura Familiar do Maranhão se fará presente, por meio de diversas ações em desenvolvimento no estado dentre eles, destacam-se, peças do artesanato de Pinheiro, Itapecuru, Caxias, Santa Helena e Codó. Também no estande maranhense, o visitante encontrará material de divulgação responsável pela visibilidade desta Agência (cartilhas, vídeos, programetes em CD, banners e folders), e ainda aqueles relativos a projetos exitosos implantados nos municípios maranhenses.

“É importante que a Agerp participe de uma feira da dimensão da Agrifal. É a oportunidade que temos para mostrar que o governo do Maranhão tem se preocupado em reduzir a pobreza, com aplicação de projetos e convênios relevantes para o desenvolvimento da agricultura familiar”, disse o presidente da Agerp, Jorge Fortes.

Plano Safra do BB aplicará R$ 13,2 bilhões na agricultura familiar

O Banco do Brasil estima aplicar R$ 13,2 bilhões para o crédito da agricultura familiar na safra 2013/2014, um aumento de 30% em relação ao valor divulgado para a safra anterior (R$ 10,5 bilhões). O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (1º), durante o lançamento do Plano Safra do agente financeiro, em Brasília, e já passa a valer em todo o País.

“Precisamos destacar que avançamos nos recursos para a agricultura familiar. Na safra 2011/2012 desembolsamos R$ 9,2 bilhões. E, em 2012/2013, chegamos a 11,7 bilhões – um avanço de 27%. Esse é um Plano Safra ousado, corajoso, determinado e que mostra uma confiança recíproca entre governo e produtor”, ressalta o vice-presidente de Agronegócios e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil, Osmar Dias.

O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Laudemir Müller, destacou a aplicação recorde dos MDA_agerp_fotorecursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na safra 2012/2013 e a parceria com o banco para o setor.

“Na safra passada nós tivemos uma aplicação recorde de recursos. Ultrapassamos 95% de crédito disponibilizado pela agricultura familiar, que foi de R$ 18 bilhões. No Plano Safra atual temos um avanço muito importante: que é o volume recorde de crédito. São R$ 21 bilhões e o Banco do Brasil é o principal operador do volume de recursos, com mais de 70%”, explica.

 Pronaf Mais Alimentos

Durante a apresentação do novo plano, Osmar Dias ressaltou a tomada de crédito para o investimento do Pronaf Mais Alimentos. “Chegamos a mais de 40 mil equipamentos financiados. O que significa que o Banco do Brasil, com os seus parceiros, estão ajudando a gerar muitos empregos não só no campo, mas, também, na indústria”, observa. Segundo Laudemir Müller, esse crédito para o investimento mostra, ainda, que a agricultura familiar está produzindo cada vez mais.

“Boa parte desse recurso é para investimento. Isso significa que a agricultura familiar está investindo mais, produzindo mais, gerando mais empregos na área rural e na indústria, e aumentando a produção dos alimentos – o que o Brasil precisa para crescer com estabilidade, articulando a nossa política agrícola com a nossa política econômica”, afirma o secretário.

A safra 2013/2014 marca os dez anos das ações governamentais voltadas para a agricultura familiar. Nesta década, a renda da agricultura familiar cresceu 52%, o que permitiu que mais de 3,7 milhões de pessoas ascendessem para a classe média.

Crédito rural

Ao todo, o Banco do Brasil estima destinar R$ 70 bilhões para as operações de crédito rural na safra 2013/2014 – um aumento de 27% em relação a safra anterior que foi de R$ 55 bilhões. Os agricultores empresariais e cooperativas rurais poderão contar com R$ 56,8 bilhões de recursos para incrementar sua produção.

O produtor familiar que quer contratar o crédito do Pronaf para o custeio da produção vai ter disponível, pelo Banco do Brasil, R$ 6,7 bilhões. No caso de investimento, o valor estimado é de R$ 6,5 bilhões. Dos recursos anunciados, 94% deles têm juros controlados, ou seja, foram tabelados pelo governo federal.

Fonte: Site do MDA