Facebook Twitter Instagram

Governadora Roseana inaugura Restaurante Popular da Liberdade

Foto 2 Governadora inaugura Restaurante Popular foto Geraldo FurtadoCom a inauguração do Restaurante Popular do Bairro da Liberdade, pela governadora Roseana Sarney e pelo secretário de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho, nesta terça-feira (15), o Governo do Estado concluiu a implantação do projeto em São Luís. Ao todo, estão em funcionamento seis unidades – Maiobão, Cidade Olímpica, Anjo da Guarda, Vila Luizão e Coroado. Nesses espaços são servidas refeições de qualidade a um preço simbólico de R$ 1,00.

Acompanhada dos deputados estaduais Jota Pinto, Magno Bacelar, Hemetério Weba, Hélio Soares, de vereadores, lideranças comunitárias e secretários de Estado, a governadora Roseana destacou a importância do projeto ressaltando que cada restaurante serve mil pessoas por dia. “Então, em São Luís, temos seis mil pessoas por dia que estão sendo beneficiadas com uma comida de qualidade a um preço simbólico”, enfatizou a governadora.

Roseana Sarney observou que a comida é feita com produtos adquiridos de agricultores familiares, o que representa a geração de renda para muitas famílias. “Os restaurantes populares beneficiam a vocês que comem bem, às pessoas que aqui estão empregadas e às pessoas que produzem, lá na ponta, o alimento que estão sendo consumidos”, afirmou a governadora a trabalhadores formais e informais, estudantes e aposentados que estavam almoçando no local.

Roseana Sarney fez uma explanação das ações do governo nas diversas áreas, destacando as de saúde, infraestrutura e qualificação profissional de jovens e adultos. Na área de abrangência da Liberdade, ela anunciou, para o mês de junho, a inauguração do Hospital PAN Diamante, que passa por uma grande reforma.

“Só para que vocês tenham uma ideia nós já inauguramos 48 hospitais e até o final do meu governo vamos entregar 90 unidades de saúde instaladas no Maranhão todo”, informou Roseana Sarney também ressaltando as obras do PAC Rio Anil e a Avenida Quarto Centenário.

Segurança alimentar

Na implantação do Restaurante Popular da Liberdade foram aplicados recursos da ordem de R$ 1,6 milhão. Investimento que já tem como resultado o atendimento de 70.866 pessoas que fizeram refeições no local no período de dezembro de 2013 a março deste ano, período em que a unidade funcionou em caráter experimental.

O secretário Fernando Fialho afirmou que, com a conclusão do projeto para São Luís, o governo inicia uma nova etapa de trabalho, agora, da implantação de Cozinhas Escolas com Restaurantes Populares no interior do Maranhão. “Temos 18 processos que vão entrar em fase de licitação para serem entregues ainda este ano”, assinalou.

Ação aprovada

Para quem todo o dia almoça nos Restaurantes Populares, como é o caso da dona de casa Maria dos Aflitos Alves, os restaurantes são uma iniciativa que garante uma boa alimentação às pessoas de baixa renda e também uma economia para as famílias. “Desde que entrou em funcionamento eu, meu marido e minha filha só almoçamos aqui. Fazemos isso porque aqui encontramos um ambiente limpo e boa comida a um preço que podemos pagar”, disse.

A dona de casa Mayara dos Santos, de 18 anos, contou que, agora, tem mais tempo para outras atividades domésticas já que não tem que fazer almoço em casa e se livrou de lavar a louça. “Meu marido almoça no trabalho e eu almoço aqui todos os dias. Tem dia que gosto tanto da comida que queria almoçar mais de uma vez”, disse sorrindo.

Os restaurantes populares primam pelo fornecimento de alimentação saudável, nutricionalmente balanceada e a um preço acessível. Os bairros contemplados para receber os restaurantes foram selecionados por apresentarem grandes contingentes populacionais, composto, essencialmente, por pessoas de baixa renda, idosos e estudantes, principais públicos-alvo do programa.

SAIBA MAIS

RESTAURANTE POPULAR DO BAIRRO DA LIBERDADE

Capacidade: 1 mil refeições/dia

Preço: R$ 1,00 (por refeição)

Investimento do Governo do Estado: R$ 1,6 milhão

RESTAURANTES POPULARES EM SÃO LUÍS:

Maiobão, Cidade Olímpica, Anjo da Guarda, Vila Luizão, Coroado e Liberdade

Cada unidade serve 1 mil refeições/dia, totalizando 6 mil

Fonte: Secom